Optimização de processos e equipamentos industriais

Ao longo de vários anos, a ECP traduziu a sua experiência em aplicações de técnicas e conhecimentos específicos com o objetivo de aumentar a eficiência de processos produtivos, maximizar a produção com o menor consumo de energia e/ou matérias primas, menor emissão de resíduos de qualquer espécie, melhores condições de segurança - seja humana, material, ou das informações referentes a esse processo - ou ainda, de reduzir o esforço ou a interferência humana sobre esse mesmo processo.

Cada projeto é cuidadosamente planeado, mantendo sempre o contacto com o cliente de forma a aplicar o feedback do mesmo no processo de desenvolvimento e construção da maquinaria em questão, oferecendo a melhor solução possível a nível técnico-comercial.

Qualidade

Image 5

Desenvolvimento com precisão

Image 5

Soluções á sua medida

Image 5

Principais vantagens

  • Maximização da produtividade
  • Maximização da segurança
  • Minimização dos custos operacionais
  • Maior flexibilidade operacional

Estudamos a solução mais indicada de forma a adequar o custo/processo a uma nova necessidade do cliente, através da análise do fluxo e operações da sua linha de produção.

A ECP assegura e implementa o aumento da flexibilidade operacional através da análise dos setups dos seus equipamentos e aplicação de conceitos de tecnologia de grupo nas linhas de produção.

A ECP conta com mais de 40 anos de experiência no desafio de atender aos pedidos colocados pelos seus clientes, e a manter os prazos nos limites pré-estabelecidos com os mesmos. Garantimos o aumento da eficiência e confiabilidade operacional através da análise das paragens imprevistas das linhas de produção por problemas com equipamentos ou matérias-primas.

Execução de projectos

A ECP actua em todas as fases do projeto, desde o estudo de viabilidade, passando pelo gerenciamento de implantação e finalizando com o "As Built" (conforme construído).

Após a implementação, prossegue-se com a fase final de optimização dos processos, colocação de instrumentos, equipamentos, limites operacionais e da capacidade num ponto óptimo de operação, garantindo o aumento da produção com a mesma plataforma existente, com o mesmo nivel de segurança. As fases do projecto prosseguem conforme listado abaixo:

  • Análise da viabilidade técnica do projecto;
  • Análise da viabilidade económica;
  • Análise da localização e infra-estruturas;
  • Projeto preliminar;
  • Projeto detalhado/construtivo;
  • Supervisionamento das alterações ás infra-estruturas;
  • Acompanhamento da montagem;
  • Avaliação final da performance
  • Registo técnico de optimização;